PEC da reforma administrativa pode gerar economia de até R$ 816 bi, diz governo

PEC da reforma administrativa pode gerar economia de até R$ 816 bi, diz governo
Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Na mensagem encaminhada ao Congresso Nacional, o Poder Executivo afirma que a PEC da reforma administrativa, apontada na lista de prioridades do governo, tem “potencial” de gerar uma economia estimada entre R$ 673,1 bi e R$ 816,2 bilhões em um período de dez anos.

Desde quando a proposta foi divulgada, o governo apresenta números conflitantes. Inicialmente, a economia era de R$ 300 bi em dez anos; no final do ano passado, falou-se de R$ 500 bi (em igual período). Agora, o governo estima em até R$ 816 bilhões. A proposta, segundo o governo, “visa corrigir importante distorção alocativa no mercado de trabalho”.

Leia mais: Crusoé revela documentos de leniência que a holding JBS omitiu da Justiça. Há ainda novos detalhes de repasses feitos a ministros do atual governo e ao Instituto Lula.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO