PEC do foro: “Não tinha quórum”

O Antagonista ligou para o presidente da CCJ, José Maranhão, que mandou cancelar a reunião de hoje destinada a votar a PEC que pede o fim do foro privilegiado.

“Não foi cancelada, simplesmente não teve quórum.”

Maranhão disse que esperou os senadores “por mais de uma hora”.

Se a PEC será votada na próxima quarta-feira (dia de reuniões da CCJ)?

“É possível.”