Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PEC dos Precatórios: Aziz diz que Senado não vai votar 'questão eleitoreira' açodadamente

Na sessão da CCJ, o senador do PSD afirmou que não considera viável a votação na próxima semana da proposta que abre espaço fiscal para o Auxílio Brasil
PEC dos Precatórios: Aziz diz que Senado não vai votar questão eleitoreira açodadamente
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O desabafo de Davi Alcolumbre diante das cobranças para que ele paute a sabatina de André Mendonça atrasou a leitura do parecer da PEC dos Precatórios.

O senador Omar Aziz (foto) pediu a palavra e já disse que não considera viável aprovar a PEC em questão na semana que vem, como quer o governo Bolsonaro e seus líderes.

“Não adianta açodar as coisas porque o governo quer. Açodadamente não vamos votar absolutamente nada”, afirmou Aziz.

O senador criticou o governo Bolsonaro e a equipe econômica. Afirmou ser favorável ao pagamento de auxílio para os mais necessitados, mas ponderou:

“Não vamos permitir que o Brasil vá a bancarrota por uma questão eleitoral e eleitoreira. Em cima dessa PEC dos Precatórios, não está somente o Auxílio Brasil; tem outros penduricalhos que não têm nada a ver com Auxílio Brasil e, em cima disso, estão querendo fazer as coisas açodadas.”

Para Aziz, o Senado deverá se dedicar, na semana que vem, somente à apreciação da indicação de autoridades, incluindo a de Mendonça.

Mais notícias
TOPO