Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Pedido da CPI do BNDES para acessar delação de Palocci cita aportes na JBS

No pedido que será votado amanhã para obter a delação de Antonio Palocci, o relator da CPI do BNDES, Altineu Côrtes, cita uma denúncia na qual o ex-ministro é acusado de receber R$ 2,5 milhões para pressionar o banco a investir na JBS em 2008.

Na época, Palocci era deputado e teria sido contratado como consultor pela companhia para ajudar na compra de empresas internacionais.

Foram denunciados com ele Guido Mantega, na época ministro da Fazenda; Luciano Coutinho, então presidente do BNDES; o dono da JBS Joesley Batista; e mais 8 pessoas.

A denúncia, apresentada pelo Ministério Público Federal em março, cobra dos acusados o pagamento de R$ 5,5 bilhões aos cofres públicos, sendo R$ 1,86 bi pelo prejuízo ao banco.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO