ACESSE

Pedido de vista seria inócuo

Telegram

Apesar do desejo por um pedido de vista no julgamento que tende a acabar com prisão em segunda instância no STF, juízes e procuradores também veem um risco na manobra.

Seria possível que, mesmo após a vista, ministros favoráveis ao trânsito em julgado adiantassem votos e formassem maioria.

Tal situação deixaria Marco Aurélio muito confortável para deferir, monocraticamente, uma nova liminar decretando a soltura geral, a exemplo do que fez no fim do ano passado.

O caminho mais seguro para entender a posição do STF sobre a prisão de condenados em 2ª instância. SAIBA MAIS AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 31 comentários