Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Pedido para Aras investigar Bolsonaro ganha apoio de mais 31 subprocuradores-gerais

Ao todo, 36 subprocuradores-gerais, quase metade dos que compõem a PGR, defenderam que Augusto Aras apure declarações do presidente ameaçando a eleição de 2022
Pedido para Aras investigar Bolsonaro ganha apoio de mais 31 subprocuradores-gerais
Foto: Pedro França/Agência Senado

pedido de abertura de investigação contra Jair Bolsonaro por declarações ameaçando a realização das eleições do ano que vem, enviado na terça (13) a Augusto Arasrecebeu nesta quarta (14) o apoio de mais 31 subprocuradores-gerais da República, registra O Globo.

Como publicamos ontem, o pedido original havia sido assinado por cinco sub-PGRs, integrantes do Conselho Superior do Ministério Público Federal.

“Os subprocuradores-gerais da República abaixo assinados, tendo em vista a gravidade das manifestações do presidente da República Jair Bolsonaro, a pretexto de defender a mudança do sistema eleitoral para o de voto impresso, colocando em dúvida a lisura das eleições brasileiras desde o ano de 1996, ameaçando vir a não aceitar o resultado do pleito eleitoral vindouro e mesmo a própria realização das eleições, entendem oportuno externar a Vossa Excelência, por nossas vozes, a gravidade da situação, que demanda a atuação efetiva, firme e preventiva do Ministério Público”, escreveram no ofício encaminhado ao PGR.

Com o novo apoio, já são 36 subprocuradores-gerais da República cobrando Aras para que investigue o presidente, quase metade dos 74 subprocuradores-gerais que compõem a PGR.

O procurador-geral da República não deu um pio sobre as ameaças de Bolsonaro às eleições, apesar de as declarações terem gerado reações de diversas autoridades da cúpula dos Poderes.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO