Pedro Corrêa ganha tornozeleira

Como antecipado na semana passada, o ex-deputado federal Pedro Corrêa vai deixar a cadeia em Curitiba e passará a cumprir prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica.

A liberdade monitorada, porém, será provisória. O ministro Luiz Roberto Barroso permitiu que Corrêa fique em casa apenas no período de preparo e recuperação de uma cirurgia na coluna, à qual será submetido nos próximos dias.

Corrêa está preso desde abril de 2015.