Pegou mal, Galloro

Pegou mal na Polícia Federal a entrevista do diretor Rogério Galloro ao Estadão, dando detalhes dos bastidores da prisão de Lula e da recente tentativa de libertá-lo, por parte do desembargador Rogério Favretto.

Além de cometer uma indiscrição funcional, Galloro relatou informações obtidas de terceiros e acabou sendo desmentido hoje pelos desembargadores Thompson Glores e Gebran Neto.

Parece que o DG não aprendeu a lição do antecessor Fernando Segovia, que caiu após uma atrapalhada entrevista à Reuters.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 82 comentários
  1. Não é correto o diretor da PF se referir a um preso como visitante ou pessoa q está lá de favor. Esse senhor era muito amigo do Alexandre de Moraes (PSDB) , de acordo com o Google, vamos ficar de olho

  2. E por que ele não reservou a narrativa para quando estiver aposentado, com 80 anos, nas suas memórias autobiográficas? Não tem um só, nessa gente du poder, que não seja picado pela mosca azul? Argh!

  3. Quanta ingenuidade! Lembre- se: dar entrevista no Brasil é trabalhar para o PT. Falha e Estadinho é um antro de comunas! Não foi à toa que depois eles criaram factóides! Aprendeu, agora?

  4. Lava-Jato, PF, MPF, alguns do STF, STJ e TRF-4 vêm atropelando a lei, muitas vezes para o “bem”, mas tem hora que acabam ajudando o “mal”; no final disso tudo, eles mesmos vão acabar se enrolando…

  5. Eu vejo como um tiro no pé dos petistas! Se o Galloro estava disposto a soltar o maior velhaco da história da humanidade, ficou comprovado que era esquema montado com o usurpador Favretto

  6. • 2018: ANÛS de eleição.É permitido Contar NOVELA da PLIM PLIM
    •Peça, boato, invenção, conto da carochinha,Cascata, trapaça e ilusão
    •.romance, fantasia, ficção e RODÍZIO de BO CE TAS em KCTs
    ••••

  7. A indicação desses DPF, não devem passar pela presidência. Já é o segundo indicado que só joga bola fora. Que desgoverno mais mequetrefe é esse do incompetente e desonesto Michel Temer!

  8. Que se phodam os petralhas e afins, já passou da hora, dos BONS tomarem o controle, chega de esquerda acéfala querer dar pitaco onde não entende e não sabem de porra nenhuma.

  9. A imprensa esquerdista estrapolou todos os direitos garantidos ao cidadão…gravou sem autorização e ainda expõe ao ridículo rotulado a pessoa de fantasma……BOLSONARO 2018 PRIMEIRO TURNO…..

  10. Rogério Galloro quis somente ficar de boa com seu chefe. Seu chefe (Michel Temer) está encalacrado com a Lava-Jato. Colocar em dúvida a conduta do MPF e de Juízes é bom para todos os corruptos.

  11. Rogério Galloro quis somente ficar de boa com seus chefes. Seu chefe (Michel Temer) está encalacrado com a Lava-Jato. Colocar em dúvida a conduta do MPF e de Juízes é bom para todos os corruptos.

  12. E aí, delegado Galloro, vai se despedir do cargo de DG dizendo que “lutou o bom combate?” Igual fez seu colega Segóvia, antes de partir pra Roma? Não se esqueça: o povo brasileiro AINDA respeita a PF.

  13. Cazuza matou no canto do gol, transformam ininterruptamente o país num imenso puteiro só pra ganharem mais dinheiro. Se fosse enforcar cada inimigo desse país faltariam postes.

  14. Impressionante como o país tem inimigos tentando destruí-lo por todos os jeitos, em prol de esquemas criminosos e interesses partidários, mesmo que se lasque todo o resto. Até quando o país aguenta?

  15. Tá na cara que estas entrevistas não são deslizes, são é muito bem planejadas pra dar munição à esquerda e assim manter fervilhante o circo dos horrores até as eleições, e bombar o Ibope da mídia.

  16. Mancada, ontem oglobo pai Bolsonaro fez o exercício ilegal da medicina, hoje teve que alterar https://oglobo.globo.com/brasil/dops-fichou-pai-de-bolsonaro-monitorou-suas-atividades-politicas-22971109

  17. O que é grave aí, gravíssimo, impensável até e que demonstra o grau de incompetência e comprometimento com os bandidos desta nação, é que um dois 2 está mentindo. Um juiz federal e o diretor da PF.

  18. Muitos destes delegados são frustrados. Queriam ser juízes, promotores, mas não passaram nestes concursos. Aí, quando veem uma brecha pra destruí-los, vão correndo fazer.

    1. Raul Jungmann trocou o diretor-geral da Polícia Federal, saindo Fernando Segovia e entrando para o posto o delegado federal Rogério Galloro.

  19. Como são envaidecidos, petulantes e oferecidos esses delegados de polícia, idiotas em busca de notoriedade. Onde anda a discrição, o profissionalismo e o low profile necessários à função.

  20. Só pela indiscrição deveria ser substituído. Como tem “Magdas” nesse país, não conseguem ficar de boca fechada, principalmente gente do meio jurídico-policial! Menos gente, menos!

  21. Esse era o fato novo que o pt queria….o tal de nelorre chifrudo que representa a pf se saiu mal…e o tal de stf que andou testando o povo pra dar um golpe maior…..vamos pra guerra .