Pelegos querem o nosso dinheiro

Depois que Rogério Marinho, relator da reforma trabalhista, passou a defender publicamente o fim do imposto sindical obrigatório, a turma dos sindicatos que o procura não se queixa mais de jornada de trabalho ou de outros pontos da proposta.

Eles só querem o nosso dinheiro.

Faça o primeiro comentário