Peppertel na CPI

A CPI do BNDES deve quebrar os sigilos telefônico, fiscal e bancário da Pepper.

O requerimento, segundo a Época, foi apresentado pelo deputado federal Arnaldo Jordy, do PPS.

“O pedido foi feito com base em informações de que a agência recebeu dinheiro do banco estatal por prestação de serviços e o repassou para a empresa de Carolina Oliveira, mulher do governador mineiro Fernando Pimentel, do PT”.

Quanto custou?

Faça o primeiro comentário