Perda inexorável

Dora Kramer informa que Dilma Rousseff ouviu de um aliado abalizado que “seu tempo está terminando. Se não conseguir reverter a situação até o fim do mês, a perda do mandato é inexorável.”

Dilma perderá o mandato inexoravelmente.