Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Perguntas para a Pfizer

Quais perguntas podem ser respondidas pelo CEO do laboratório
Perguntas para a Pfizer
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Antes de ouvir o CEO da Pfizer, Carlos Murillo, os senadores da CPI da Covid deveriam ler a reportagem de O Globo, que listou uma série de perguntas sobre a vacina.

Por exemplo:

“Quando foi o primeiro contato com o governo brasileiro?

A Pfizer já afirmou publicamente ter realizado uma série de contatos com o governo brasileiro para a negociação de lotes do imunizante contra a Covid-19. Em um comunicado, a companhia informou que três propostas de compra foram enviadas ao governo federal, sendo a primeira delas em 15 de agosto de 2020.”

Ou então:

“Qual era a oferta de doses nesse primeiro contato?

Na primeira etapa de negociações, em agosto do último ano, o número de doses ofertadas pela Pfizer estava na casa das 70 milhões de doses. O número seria suficiente para imunizar 35  milhões de brasileiros — a vacina da farmacêutica demanda duas doses —, com o início das entregas previstas para dezembro de 2020. Segundo a empresa, um acordo de confidencialidade assinado com a União em 31 de julho do ano passado impede a divulgação de mais detalhes sobre a proposta inicial.”

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO