ACESSE

A perícia no laptop e em celulares de Adélio

Telegram

Raul Jungmann informou que a perícia concluiu que o laptop de Adélio Bispo de Oliveira, esfaqueador de Jair Bolsonaro, não era usado há mais de um ano.

Dos quatro celulares apreendidos, dois também não eram mais utilizados.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 121 comentários