Perillo forte para assumir o PSDB

O Antagonista soube que terminou agora a conversa do governador de Goiás, Marconi Perillo, com o presidente (ainda) interino do PSDB, Tasso Jereissati.

O encontro ocorreu no gabinete do senador e durou cerca de 30 minutos.

Perillo voltou a dizer que está disposto a assumir o comando da legenda e trabalhar pela “reunificação” da bancada no Congresso, de olho nas eleições de 2018, claro.

A eleição para escolher o novo presidente tucano está marcada para 9 de dezembro.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 8 comentários
  1. Esse Perilo fez um super casamento pra filha, o bolo era a reprodução de uma Igreja e a igrejinha onde aconteceu a cerimônia tb foi a reprodução de uma igreja.
    Muito dinheiro e mto mau gosto escorrendo pelo ralo.
    Se investigar um pouquinho…

  2. Por que não assume imediatamente?
    Vão ficar brigando em praça pública até dezembro?
    .
    Painel Folha – 01/11/2017
    Tucanocídio – Um dos vice-presidentes da empresa contratada por Tasso Jereissati (CE) para fazer a comunicação do PSDB, a Ideia Big Data, chamou de golpe o impeachment de Dilma Rousseff. Publicou: “Não vai ter golpe. #FicaDilma”.

  3. Falta combinar com o Aécio. Tucanato, ninho de deslealdade. O pior deles é o Jereissati, depois o Ricardo Trípoli. Se eu fosse o Aécio (que de santo não tem nada, diga-se), eu cairia fora.

  4. O Senador-afastado-reintegrado-afastado-reintegrado vai para o PMDB – Presídio das Maiores Desgraças Brasileiras – mesmo que o Periquito goiano leve a eleição no PSDB.