Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Perito preso recebeu ao menos R$ 4,9 milhões de propina, diz MPF

O perito judicial Charles Fonseca William, preso hoje pela Lava Jato do Rio, recebeu ao menos R$ 4,9 milhões para fraudar laudos contábeis que favoreciam o setor de transportes, diz o Ministério Público Federal.

Os valores foram registrados em planilhas entregues pelo doleiro Álvaro Novis, operador financeiro da Fetranspor, no acordo de delação premiada.

Segundo as investigações, o dinheiro era entregue em espécie em endereços do perito e depois enviado para contas de sócios em offshores no Panamá.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO