Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Permitir saída de Alckmin do PSDB é ‘violência’ contra o partido, diz Aécio

Alckmin tem até abril do ano que vem para decidir sobre seu futuro no PSDB e tem se movimentado nos bastidores para tentar se cacifar no partido
Permitir saída de Alckmin do PSDB é ‘violência’ contra o partido, diz Aécio
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O deputado Aécio Neves afirmou neste sábado que uma possível saída de Geraldo Alckmin do PSDB seria “uma violência” inadmissível contra o partido.

Permitir que o governador Geraldo Alckmin saia do PSDB por não ter espaço para se colocar como pré-candidato ao Governo de SP pelo partido é uma violência inadmissível contra o PSDB e sua história.”

Como publicamos mais cedo, Alckmin ainda pretende ser candidato pelo partido em 2022. Ele tem até abril do ano que vem para decidir sobre seu futuro na legenda e tem se movimentado nos bastidores para tentar se cacifar no PSDB.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO