Pertence: “Recomendo aos meus colegas frieza”

Sepúlveda Pertence, ex-ministro do STF, disse a O Antagonista que a atual situação da Suprema Corte “é muito séria e muito grave”.

“Recomendo aos meus colegas frieza, muita frieza.”

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Ler mais 33 comentários
    1. Típico conselho de LARÁPIO FAJUTO:
      Se forem pegos roubando, tenham frieza, saiam de fininho pelo telhado.
      Se a casa for alta, é preciso muita frieza para andar pelo telhado e não cair.

      Essa cambada sempre teve muita moleza.

      Não adianta SEPÚLVEDA, o Brasil está acordando.
      Estamos assumindo que essa casa não lhes PERTENCE.

      VÃO CAIR – TODOS.

    2. Seus colegas foram colocados no Supremo por políticos bandidos, não foi por meritocracia e o silencio que reina na corte fala milhões! Estão todos com prometidos com as quadrilhas.

    3. Traduzindo: “não se zanguem e não peçam a prisão do Joesley, senão ele começa a falar de verdade e todos nós que fomos indicados ou temos alguma relação com o PT estamos f*didos.”

    4. Falou o petista que pilotou a Comissão de Ética (?!) do Palnalto por vários anos, sob Lula e Dilma.

      No mais, o filhote tem banca de “advocacia” em Brasília, o que dispensa mais explicações.

    5. PERTENCE ?
      O proprio STF SE EXPLODIU ou IMPLODIU sozinho, ou melhor, com a participação de TODOS os 11 SINISTROS; basta ver que todo BANDIDO QUER SER “julgado” pelo STF : essa é a maior prova do tamanho da asa de bandido
      É impossível deixar de perguntar :
      ” A QUE GANG pertence Pertence ?

    6. Muito séria? Muito grave? Hehe A única coisa grave seria um pool de empresários, políticos e juízes terem detonado o avião do Teori. Abriria caminho pra se discutir Celso Daniel e testemunhas do caso, Toninho de Campinas, ex-presidente da Bancoop, Eduardo Campos, o rapazola do Motel no Nordeste, gente que andou tomando remédio demais em Curitiba e outras coisas graves. Fora isso tudo é compreensível pela população. O povo tem sabedoria.

    7. Frieza, muita frieza. Traduzindo: prevaricação muita prevaricação. Esse é da antiga, pois bem, vejam o histórico do STF, no que diz respeito a punição de políticos. É dessa “frieza” que ele tá falando.

    8. Ou seja, frieza, esperem mais um pouco, façam tudo de cabeça fresca, pensem mais…. deixem a coisa esfriar e escondam tudo pra debaixo do tapete, como sempre o STF fez no Brasil!

    9. A situação será grave quando vier à tona aquela prometida delação de advogado com influente trânsito nos Tribunais Superiores.

      Mais agravada ainda quando a OAS fechar a sua delação e a A Gutierrez e a Camargo Corrêa entregarem as vias ocultas por que desviaram a Castelo de Areia!

      Hecatombe suprema será quando a Lava-Toga tomar fôlego.

      1. Irrigado por Itaipu
        Brasil 24.08.17 12:59
         
        Itaipu deu 900 mil reais para o IDP, de Gilmar Mendes.

        Diz a Piaui:

        “Desde 2016, todos os eventos jurídicos que Itaipu patrocinou receberam 4,9 milhões de reais. O IDP ficou com 13,6% do total, perdendo apenas para a Associação de Juízes Federais, campeã de patrocínios recebidos.

        Em maio, o jornal Folha de S. Paulo publicou que os patrocínios federais à empresa de Mendes somavam, no total, 2,64 milhões de reais desde 2009 – o que dá ideia do volume do dinheiro que irriga o IDP desde Itaipu”.