Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Petistas querem mudar nome da Câmara para combater 'machismo estrutural'

Erika Kokay e Gleisi Hoffmann apresentaram requerimento para que a Casa passe a se chamar Câmara Federal
Petistas querem mudar nome da Câmara para combater machismo estrutural
Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

As deputadas petistas Erika Kokay e Gleisi Hoffmann apresentaram um requerimento para que a Câmara dos Deputados passe a se chamar, oficialmente, Câmara Federal.

Segundo as parlamentares, o objetivo é combater o “machismo estrutural”.

“Não há outra razão, a não ser o machismo estrutural, que justifique que, em pleno Século 21, a Câmara ainda seja conhecida como Câmara dos Deputados, a despeito de as mulheres representarem a maioria da população brasileira e do enorme esforço da justiça eleitoral brasileira e, até mesmo, dos organismos internacionais e dos tratados firmados pelo país em prol da inclusão da mulher.”

A proposta foi encaminhada para ser discutida dentro da PEC da reforma política.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
TOPO