Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Petrobras não atenderá demanda por combustíveis em novembro; setor fala em desabastecimento

Segundo a estatal, a demanda por diesel cresceu 20% em relação ao mesmo mês de 2019 e 10% no caso da gasolina. Empresas temem que bombas fiquem secas
Petrobras não atenderá demanda por combustíveis em novembro; setor fala em desabastecimento
Foto: Agência Petrobras

A Petrobras informou ao mercado que não atenderá em novembro todos os pedidos de compra de combustíveis enviados à empresa pelas distribuidoras. Segundo a estatal, a demanda por diesel cresceu 20% em relação ao mesmo mês de 2019 e 10% no caso da gasolina. Os revendedores temem que ocorra desabastecimento.

“Para o mês de novembro, a Petrobras recebeu pedidos muito acima dos meses anteriores e de sua capacidade de produção. Apenas com muita antecedência, a Petrobras conseguiria se programar para atender essa demanda atípica. Na comparação com novembro de 2019, a demanda dos distribuidores por diesel aumentou 20% e a por gasolina 10%, representando mais de 100% do mercado brasileiro”, disse a empresa.

O comunicado da Petrobras foi divulgado após a Federação Nacional das Distribuidoras de Combustíveis informar que algumas das empresas filiadas receberam comunicados da estatal que informavam cortes nos pedidos para fornecimento de gasolina e diesel para novembro.

“As reduções promovidas pela Petrobras, em alguns casos chegando a mais de 50% do volume solicitado para compra, colocam o país em situação de potencial desabastecimento, haja vista a impossibilidade de compensar essas reduções de fornecimento por meio de contratos de importação, considerando a diferença atual entre os preços do mercado internacional, que estão em patamares bem superiores aos praticados no Brasil”, afirmou a entidade.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO