Petrolão, ou o item “d”

O Antagonista facilita a sua vida e resume os desdobramentos de hoje do escândalo do Petrolão: 
a) Graça Foster, presidente da Petrobras, reconhece que o rombo na empresa causado pela corrupção pode ser ainda maior. Quando Graça diz que “pode” é porque é

b) Graça Foster informa que os investimentos em prospecção de petróleo diminuirão, porque a Petrobras está descapitalizada
c) O doleiro Alberto Youssef, em sua delação, afirmou que o Petrolão servia a “um projeto de poder”, como comprar votos no Congresso, assim como no mensalão
d) O doleiro Alberto Youssef também disse que as propinas serviram para alimentar campanhas eleitorais no Legislativo e NO EXECUTIVO.
e) O presidente da UTC, Ricardo Pessoa, pediu á Justiça que sejam ouvidos como testemunhas de defesa no seu processo Jacques Wagner, Paulo Bernardo, José de Filippi Júnior (ex-tesoureiro de campanhas de Lula e Dilma), Arlindo Chinaglia, Paulinho da Força, Jutahy Júnior, Arnaldo Jardim…Não, o Marcola não foi solicitado.
O item “d” é promissor quanto ao processo de impeachment de Dilma Rousseff, a ex-guerrilheira de esquerda.


Repete o último item, por favor

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200