PF AINDA INVESTIGA BITTAR

O delegado Márcio Anselmo preferiu não indiciar Fernando Bittar por enquanto, mas determinou o aprofundamento das investigações. Sócio de Lulinha, Bittar é apontado como intermediário na compra das cozinhas Kitchens para o sítio de Atibaia e o triplex do Guarujá.

Ele também é suspeito de atuar como laranja na compra do sítio.

Faça o primeiro comentário