ACESSE

PF apreendeu dez malas no apartamento de Alexandre Baldy

Telegram

Além dos R$ 90 mil apreendidos hoje em dois cofres de Alexandre Baldy, a Polícia Federal levou também dez malas fechadas. O conteúdo das malas não foi revelado, segundo reportagem da Veja.

Baldy é secretário de Transportes Metropolitanos do governo de São Paulo e foi preso hoje. Ele é investigado na Operação Dardanários, que apura corrupção e lavagem de dinheiro em contratos na área da saúde no Rio de Janeiro e em Goiás.

Ele foi detido num apartamento dele em São Paulo. Além do dinheiro e das malas, a PF levou computadores, HDs, celulares, documentos e joias.

Como noticiamos mais cedo, a PF encontrou dois cofres no imóvel: R$ 40 mil em um e R$ 50 mil, no outro.

A operação foi autorizada pelo juiz federal Marcelo Bretas, do Rio de Janeiro. As investigações tiveram início a partir de contratos superfaturados da organização social Pró-Saúde, que administra hospitais públicos.

De acordo com o Ministério Público Federal, Baldy recebeu R$ 1,4 milhão em dinheiro vivo como propina para ajudar a OS em Goiás, seu estado natal.

Leia mais: Por que NÃO aceitamos publicidade de governos e estatais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 30 comentários