ACESSE

PF confunde motorista suspeito de entregar propina a Renan

Telegram

O Serviço de Inquéritos Especiais da PF confundiu o motorista suspeito de entregar propina da JBS em Maceió para Renan Calheiros e seus aliados durante as eleições de 2014, relata Mateus Coutinho na Crusoé.

O servidor público Durval Rodrigues da Costa, que falou sobre a entrega da propina em depoimento à PF, inicialmente identificou o motorista como Ricardo Santa Ritta.

Santa Ritta procurou a PF e disse que Durval se equivocou –o “Ricardo” em questão seria Ricardo Gomes da Rocha, que em 2014 atuou como motorista de Renan Filho em sua campanha ao governo de Alagoas.

Leia a reportagem:

O entregador era outro

Censurada e hackeada. Por que esta jovem revista incomoda tanto?

Comentários

  • Sonia -

    E o cangaceiro continua com os processos blindados no STF

  • Nilson -

    E as maletas do Renan?

  • Jose -

    STF seus por.cos, julguem o ban.dido chefe logo, malfeitores.

Ler 10 comentários