PF cumpre 9 mandados de prisão

Telegram

Na quarta fase Operação Registro Espúrio, deflagrada agora de manhã, a Polícia Federal apura desvios de valores da Conta Especial Emprego e Salário – CEES, em Brasília.

Estão sendo cumpridos 16 mandados de busca e apreensão e 9 mandados de prisão temporária em Brasília, Goiânia, Anápolis, São Paulo e Londrina. Os mandados foram expedidos por Edson Fachin.

Segundo a PF, as investigações apontam a atuação de uma organização criminosa junto a entidades sindicais “interessadas em obter fraudulentamente restituições de contribuições sindicais recolhidas a maior ou indevidamente da CEES”.

“Os pedidos de restituição eram manipulados pelo grupo com o intuito de adquirir direitos a créditos, conforme também apontou o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União.

Os valores eram transferidos da CEES para as contas bancárias das entidades, com posterior repasse de um percentual para os servidores públicos e advogados integrantes do esquema – como Tiago Ferraz, filho do ministro do TCU Aroldo Cedraz, que é tesoureiro do Solidariedade, partido de Paulinho da Força.

Os investigados responderão pelos crimes de peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, falsificação de documento público e lavagem de dinheiro.”

Comentários

  • Rosano -

    PF passando rodo geral !! Parabens !!

  • REVOLTADO -

    Esse Tiago Cedraz já devia estar na cadeia há muito tempo!!! E seu pai Aroldo Cedraz, ainda ministro do TCU (que barbaridade!!!), devia estar sendo investigado!!!

  • Donata -

    Os bandidos de BANÂNIA ainda não se deram conta de que estamos despertando e nada mais será antes!

Ler 38 comentários