PF e Receita investigam importação ilegal de cabelo humano

PF e Receita investigam importação ilegal de cabelo humano
Foto: Agência Brasil

A Polícia Federal e a Receita deflagraram hoje a Operação Baalon, que investiga a importação ilegal de cabelo humano para revenda no Brasil. A 14ª Vara Federal de Curitiba expediu sete mandados de busca e apreensão em Foz do Iguaçu (PR), Curitiba, São Paulo e Araçatuba (SP).

Segundo os investigadores, há indícios do cometimento dos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e operação irregular de instituição financeira. O grupo investigado é integrado por brasileiros e indianos, de acordo com a PF.

O inquérito aponta que os cabelos eram comprados com preço subfaturado da Índia e trazidos ao Brasil por meio da fronteira com o Paraguai. Os clientes brasileiros compravam os cabelos por meio de contas de laranjas, segundo as investigações.

A conversão em moeda estrangeira ocorria com a remessa física de reais em espécie para o Paraguai ou por meio de contato com algum operador financeiro, que disponibilizava o contravalor via sistema internacional de compensação paralelo, sem registro nos órgãos oficiais, conhecido por dólar-cabo.

Leia mais: A Crusoé fiscaliza TODOS os poderes e, nesta semana, é a vez do Legislativo.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 12 comentários
TOPO