PF em mais uma universidade pública

A PF está a Universidade Estadual do Piauí para cumprir um mandado de busca e apreensão.

A operação que ganhou o nome de “Curriculum” investiga irregularidades na aplicação de recursos federais nos programas Universidade Aberta do Brasil (UAB) e Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (PARFOR).

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 12 comentários
  1. Formação de professores ou formação de doutrinadores? é VIL. Formar programadores mentais para lidarem com jovens vulneráveis e crianças é antes de tudo um crime. É doutrinação. Programação mental e é de programas assim que são feitos os atiradores, matadores e espiões. É gente programada para fazer qualquer coisa quando comandada. Investiguem por amor às crianças. Dá para ver o padrão de ativistas com voz estridente e que fala sem parar. A histeria é sintoma da programação.O descontrole e agressividade é outra. Atenção Ministério Público

  2. Formação de professores ou formação de doutrinadores? é VIL. Formar programadores mentais para lidarem com jovens vulneráveis e crianças é antes de tudo um crime. É doutrinação. Programação mental e é de programas assim que são feitos os atiradores, matadores e espiões. É gente programada para fazer qualquer coisa quando comandada. Investiguem por amor às crianças. Dá para ver o padrão de ativistas com voz estridente e que fala sem parar. A histeria é sintoma da programação.

  3. Necessário ressaltar que o estado do Piauí é governado pelo petista Wellington Dias, portanto, mais uma gestão desastrosa como nas Minas Gerais, em que o governador Fernando Pimentel, também notório petista enrolado em diabólicas transações e na Bahia, com Rui Costa, que faz uma gestão desastrosa. É típico! A esquerda fanfarrona no Brasil produz malfeitos, malfeitores, corruptos e péssimos gestores. FORA PT!

  4. Muitos dizem que, durante o tempo que a petralhada ficou no poder, muitas universidades receberam muitíssimas verbas para fazer melhoramentos e ampliar o alcance de sua pesquisa e extensão. Acho que algo foi feito nesse sentido, MAS, o dinheiro era tanto que deu para gastar à vontade em projetos altamente suspeitos. Falam de centenas de alunos que foram para o exterior só para viajar; professores que foram duas a três vezes por ano a países como França, Canadá, Portugal, EUA e outros, para curtir um roteiro turístico e nada de projetos úteis; falam de doutrinação esquerdista aos alunos, com a maior cara de pau; falam de festas, farras e outras coisas nos centros acadêmicos e tais. Uma hora a coisa ia estourar mesmo! PF pode procurar que vai achar muitas maracutaias. E nós pagando, né?

    1. Santa Catarina é um Estado do Sul e também tinha corrupção em sua Universidade. O preconceito cega e destrói os neurônios.