PF entrega a Lula mensagens roubadas da Lava Jato

PF entrega a Lula mensagens roubadas da Lava Jato
Foto: Ricardo Stuckert/Fotos Públicas

A Polícia Federal entregou à defesa de Lula as mensagens roubadas da Lava Jato, conforme determinou, em dezembro, o ministro Ricardo Lewandowski.

Foram copiados 7 terabytes de dados, que estão guardados na Superintendência da PF em Brasília. Eles agora serão periciados por técnicos contratados pelos advogados do ex-presidente.

Lewandowski liberou os dados porque a defesa reclamou ao Supremo por não conseguir a íntegra do acordo de leniência da Odebrecht na 13ª Vara de Curitiba nem documentos que registram as negociações da força-tarefa com autoridades suíças e americanas.

O ministro determinou que a Justiça Federal de Brasília, onde foram processados os hackers que invadiram os celulares dos procuradores, entregasse apenas mensagens relativas a Lula.

O advogado Cristiano Zanin, no entanto, exigiu da PF cópia de todo o material apreendido, comprometendo-se a usar apenas o que tiver relação com Lula.

Em ofício a Lewandowski, ele ainda disse que vai conferir se faltam mensagens.

Leia mais: Crusoé também fiscaliza o outro lado do balcão do Judiciário: os advogados.
Mais notícias
TOPO