ACESSE

PF esteve no gabinete de deputado bolsonarista e levou celular

Telegram

Além do apartamento, a Polícia Federal esteve também no gabinete do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) na Câmara dos Deputados. O celular do parlamentar foi apreendido.

Ele é investigado no inquérito que apura a convocação e o financiamento de atos antidemocráticos e de ameaças ao Supremo Tribunal Federal.

As diligências da PF foram pedidas pela Procuradoria-Geral da República e autorizadas pelo ministro Alexandre de Moraes, responsável pelo inquérito.

Além de Daniel Silveira, também foram alvo de buscas e apreensões hoje o blogueiro Allan dos Santos, o advogado Luís Felipe Belmonte e o marqueteiro Sérgio Lima, ambos ligados ao partido que Bolsonaro tenta fundar, o Aliança pelo Brasil.

Belmonte é acusado de financiar uma manifestação que atacava os ministros do STF e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Sérgio Lima presta serviços para alguns deputados bolsonaristas.

Ontem, a bolsonarista Sara Winter e mais cinco integrantes do movimento “300 pelo Brasil” foram presos nesse mesmo inquérito.

Foto: Rosinei Coutinho

Leia mais: Sergio Moro estreia como colunista exclusivo da 'Crusoé'. Clique e saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 51 comentários