PF faz operação contra facção que atua na fronteira com Paraguai

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda-feira, em cinco estados (Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo, Goiás e Rio Grande do Norte), a Operação Laços de Família, registra o Estadão.

O objetivo é combater os crimes de tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro, cometidos por uma facção que tem estreita ligação com o PCC, atua com base na fronteira com o Paraguai e cujos principais líderes são de um mesmo grupo familiar.

“De acordo com a PF, grandes carregamentos de droga eram remetidos da fronteira para várias regiões do Brasil, geralmente escondidos em caminhões e carretas com cargas aparentemente lícitas. Em contrapartida, os criminosos recebiam joias, veículos de luxo e dinheiro por meio de depósitos em contas bancárias de laranjas e de empresas de fachada, como pagamento das cargas criminosas. Também eram utilizados helicópteros para transportar joias e dinheiro usados como pagamento.”

Foram determinados 20 mandados de prisão preventiva, 2 de prisão temporária, 35 de busca e apreensão em residências e empresas, 136 de sequestros de veículos terrestres, 25 de sequestro de imóveis, 7 apreensões de helicópteros e 5 apreensões de embarcações de luxo.

“Além disso, também foi decretado o sequestro dos bens de 38 investigados, em todo o território nacional, inclusive em nome de suas empresas de fachada.”

Comentários

  • -

    O país só vai melhorar quando mudarem os ministros dos Supremos Tribunais. Principalmente a patota partidária e , sabe-se lá porquê, os ministros que apoiam criminosos do colarinho branco e políticos! Um dia saberemos o que ha por debaixo dessas decisões! Só quando mudarem o STF estaremos salvos!

  • Diz -

    E Gilmarzão vai soltar esses bandidos quando?

  • Cyberwatch -

    Transporte por helicóptero, é? . Me lembra de um certo "político de carreira", muito bem protegido por seus pares no $TF.

Ler 16 comentários