Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PF identifica propina em conta de secretário de Ibaneis e de ex-ministro de Temer

Nesta terça-feira, a PF cumpriu 50 mandados de busca e apreensão em endereços ligados aos investigados
PF identifica propina em conta de secretário de Ibaneis e de ex-ministro de Temer
Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal identificou depósitos de propina nas contas bancárias do subsecretário de Tecnologia da Informação da Secretaria de Economia do Distrito Federal, Francisco Lopes, e do ex-ministro da Integração Nacional do governo Michel Temer Antônio de Pádua Andrade, diz a Crusoé.

A PF investiga contratações de empresas de TI suspeitas.

“Segundo a PF, Francisco Lopes atuou em favor da RSX, no governo Ibaneis Rocha, ‘com o propósito de viabilizar os desvios em favor da organização criminosa‘. A Justiça determinou o bloqueio de bens de até 7 milhões de reais de Lopes. O subsecretário de Ibaneis teria recebido, por meio das contas bancárias de sua esposa e seu filho, 38 depósitos realizados pela RXS, que totalizaram 187 mil reais.”

“Já o ex-ministro da Integração Nacional, de acordo com a PF, teve ‘envolvimento direto na fraude do procedimento licitatório’, que contou ainda com a participação de outros cinco funcionários do governo Temer que ainda ocupam postos na gestão de Jair Bolsonaro. Antônio de Pádua recebeu em sua conta bancária 140 mil reais, por meio de 40 depósitos em espécie, após a RSX ter recebido os valores provenientes do INSS e de um segundo contrato, com a Funasa.”

Nesta terça-feira (29), a PF cumpriu 50 mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao subsecretário, ao ex-ministro e a dezenas de investigados.

Leia mais aqui.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO