ACESSE

PF indicia 11 por fraudes no Memorial da Anistia

Telegram

A PF indiciou 11 pessoas no inquérito que investigava fraudes e desvios na implantação do Memorial da Anistia Política do Brasil, em Belo Horizonte.

As investigações foram iniciadas em dezembro de 2017, quando foi deflagrada a Operação Esperança Equilibrista.

O projeto do Memorial da Anistia foi financiado pelo Ministério da Justiça e executado pela UFMG.

O custo inicial era estimdo em R$ 5 milhões, mas o projeto saiu por R$ 28 milhões.

Os nomes dos indiciados pela PF não foram divulgados.

Autoridades e instituições que mais colaboraram na luta contra a corrupção no Brasil nos últimos anos estão cercadas. SAIBA MAIS

Comentários

  • Luiz -

    Coloca eles pendurados no memorial pelo pescoço.

  • Carmen -

    Caramba. Os corruptos não perdoam nada!

  • Maria -

    Um "ligeiro" erro de cálculo. Vindo de onde veio, não há espanto.

Ler 26 comentários