PF indicia 11 por fraudes no Memorial da Anistia

A PF indiciou 11 pessoas no inquérito que investigava fraudes e desvios na implantação do Memorial da Anistia Política do Brasil, em Belo Horizonte.

As investigações foram iniciadas em dezembro de 2017, quando foi deflagrada a Operação Esperança Equilibrista.

O projeto do Memorial da Anistia foi financiado pelo Ministério da Justiça e executado pela UFMG.

O custo inicial era estimdo em R$ 5 milhões, mas o projeto saiu por R$ 28 milhões.

Os nomes dos indiciados pela PF não foram divulgados.

Comentários

  • Daniel -

    Aonde tem e$querdi$ta, tem dinheiro...

  • ADONIS -

    Duvido que entre os 11 haja alguém do PT, PSOL, Rede, PCdoB ou outra franja do Partido dos Trapaceiros.

  • claudio -

    Caramba! como brasileiro é inventivo. Embaixo das barbas do chefe, os caras ainda roubam. O capitalismo transforma tudo em produto, mas o brasileiro corrupto, transforma tudo em propina.

Ler 28 comentários