PF INDICIA ABILIO DINIZ NA OPERAÇÃO TRAPAÇA

A Polícia Federal concluiu relatório de indiciamento da Operação Trapaça, desdobramento da Carne Fraca.

O empresário Abilio Diniz, ex-presidente do Conselho de Administração da BRF, foi indiciado por crimes contra a saúde pública, estelionato qualificado, falsidade ideológica e organização criminosa.

Outras 42 pessoas foram indiciadas, entre fiscais do Ministério da Saúde, funcionários de frigoríficos e empresários.

Bolsonaro x Haddad: o que a grande imprensa não conta para você está AQUI

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. o brasil tem que disseminar estes ratazanas de qualquer negócios e tomar todo o dinheiro roubado do erário!!!.aí vai sobrar dinheiro para tocar um brasil na honesta com mais justiça social!!.

Ler mais 47 comentários
  1. o brasil tem que disseminar estes ratazanas de qualquer negócios e tomar todo o dinheiro roubado do erário!!!.aí vai sobrar dinheiro para tocar um brasil na honesta com mais justiça social!!.

  2. Este Abilio Diniz nunca me enganou. Multiplicou seus negócios no governo Lula graças à empréstimos milionários com juros “de pai pra filho”. Assim até o Zé do boteco fica milionário, né?

  3. Empresários tão BANDIDOS quanto os políticos. Nenhuma decência, nenhuma consideração co o povo, “fazem o diabo” por dinheiro e poder. A solução é a mesma: MUITA CADEIA.

  4. Finalmente o sonegador vai ser pego. não por sonegação, mas por crime contra a saúde pública, estelionato qualificado, falsidade ideológica e organização criminosa. Peixe graúdo. Parabéns PF

  5. Em breve, todos para o xilindró, assim espero. Alguém sabe algo sobre a carne brasileira? É confiável? Não consigo comer desde a operação, Antagonistas e leitores, por favor, ajudem-me. Obrigad

  6. A partir de 1 de janeiro milhões de processos serão instaurados, outros tantos reabertos e o pente fino será total, com todos os órgãos de combate ao crime tendo total apoio de Jair.

    1. E toda a imprensa tradicional condenou a operação carne fraca. TODOS, sem exceção. Que beleza vai ser quando chegarem aos bancos.