PF indicia filha de Pedro Corrêa

A Polícia Federal indiciou Aline Corrêa, ex-deputada pelo PP de São Paulo, pelos crimes de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro.

Aline é delatora da Lava Jato, filha de Pedro Corrêa, também delator da operação.

Alberto Youssef contou que a ex-parlamentar recebia 30 mil reais mensais e que o dinheiro saía da caixa de propina do PP no petrolão.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 14 comentários
  1. Está na gora de investigar esse pqcinho cor de rosa. Ninguém ilumina a Torre Eiffel simplesmente “por uma boa causa”, está na cara que corre muita grana nisso, c direitona brochinho no Lewandowhisky.

  2. Grande parte das mulheres metidas em política ou cargos públicos acaba agindo como homens de saias: se tornam incompetentes ou corruptas. Não venham por a culpa no “sistema” apenas: é falta de preparo ou de caráter mesmo. Já não chega que tivemos de aturar Dilma e agora Carmen Lúcia, Luislinda etc.?

  3. Não dá para ter pena, mas fica a pergunta: Se não for da cúpula, tipo político “Zé Ruela”, os rigores da Lei. Se for do centro do poder a moleza da Lei. Ou estou me enganando?