Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PF investiga vazamento de ataque hacker ao TSE revelado por Bolsonaro

A Polícia Federal deve apurar como o deputado Filipe Barros, relator da PEC do voto impresso, soube da existência do caso sigiloso
PF investiga vazamento de ataque hacker ao TSE revelado por Bolsonaro
Reprodução/TV BrasilGov/YouTube

A Polícia Federal abriu inquérito para apurar o vazamento de investigação do órgão sobre uma invasão hacker ao TSE em 2018. No começo de agosto, o presidente Jair Bolsonaro voltou a distorcer o conteúdo desse inquérito para atacar o sistema eleitoral.

De acordo com a Folha, a PF deve investigar como o deputado Filipe Barros, relator da PEC do voto impresso, soube da existência do caso sigiloso. Após o parlamentar pedir acesso à investigação ao delegado Victor Feitosa Campo, que era o responsável pela condução do inquérito na PF, Bolsonaro acessou esses dados.

A apuração foi solicitada pelo TSE e sua abertura foi ordenada por Alexandre de Moraes. O ministro do STF entendeu que o caso tem relação com o inquérito das fake news e se manteve como relator do caso.”

O ataque hacker, em 2018, atingiu a intranet do TSE, e a PF não encontrou desde então nenhuma evidência de fraude nas urnas eletrônicas. O inquérito ainda não foi concluído.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO