PF já realizou 32 operações para prender Battisti

A PF ainda não desistiu de procurar o terrorista Cesare Battisti.

Rogério Galloro disse nesta sexta-feira:

“Já foram realizadas mais de 32 operações. Nenhuma delas logrou êxito”.

O diretor da PF acredita em sua captura:

“Acredito, sim, que ele vai ser encontrado. Não sei se no território brasileiro, mas ele será encontrado em razão dessa cooperação que existe entre as forças brasileiras e as internacionais”.

Ele se eximiu de qualquer responsabilidade pela fuga do assassino:

“A Polícia Federal já prendeu o Battisti três vezes no Brasil e em todas as vezes ele foi liberado. No momento em que foi decretada a prisão, era um cidadão que nada pesava contra ele, a Polícia Federal não podia sequer fazer a vigilância dele. Não podia dispender recursos da União com um indivíduo que estava legalmente no país”.

Comentários

  • elisabeth -

    Este mascazzone deve ir morrer nas masmorras napolitanas, somente um criminoso da laia do cachaceiro para manter este bandido aqui.

  • francisca -

    O judiciário deveria ter avisado antes a polícia federal, aí ele seria vigiado.

  • Márcio -

    Santa inocência da Justiça e da PF!!! anunciam a prisão, com meses de antecedência, para que? Além de sigilo sobre o tema, deveriam ter mantido algum tipo de vigilância. Isso era previsível.

Ler 137 comentários