PF MIRA “ALTO ESCALÃO” DO GOVERNO E DO PT

Em relatório sobre a quebra de sigilo das comunicações de João Santana, o delegado Filipe Pace fez observações sobre a linha de investigação da Operação Acarajé.

Segundo ele, são objetivos da Polícia Federal:

“(i) Tentar comprovar a existência de ativos oriundos de corrupção mantidos ilicitamente no exterior, (ii) Demonstrar o intenso fluxo migratório dos investigados, (iii) Demonstrar os vínculos pessoais dos investigados com membros do alto escalão do Governo Federal e do PARTIDO DOS TRABALHADORES e (iv) Comprovar que os investigados estão cientes de que podem ser objeto de investigação por fatos apurados na OPERAÇÃO LAVAJATO, contratando profissionais para fornecimento de atualizações quanto a divulgação de tais fatos nos mais diversos veículos de comunicação e também por contatos mantidos com pessoas politicamente expostas.”