PF NA PROPEG

Um dos alvos da PF na Bahia é a agência de propaganda Propeg.

Benedito Rodrigues de Oliveira Neto, o Bené, disse que Marcio Fortes, ministro das Cidades do governo Lula, recebeu 1 milhão de reais de um esquema para dar a conta da pasta à Propeg, em 2010.