PF pede indiciamento de Helder Barbalho

PF pede indiciamento de Helder Barbalho
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Polícia Federal pediu ao STJ autorização para indiciar o governador do Pará, Helder Barbalho, por “condutas delituosas” na compra de respiradores para tratamento de pacientes com Covid-19.

Além do governador, outras sete pessoas serão indiciadas, entre elas o ex-secretário de Saúde do estado, Alberto Beltrame.

Segundo relatório sob sigilo obtido pela revista Época, o governador e outros acusados “tiveram condutas que se amoldariam à prática de crimes licitatórios, crimes de falsidade documental e ideológica; corrupção ativa e passiva, prevaricação e lavagem de capitais”.

Em junho do ano passado, a Polícia Federal deflagrou a Operação Para Bellum, com o objetivo de investigar supostas fraudes em contratos da área de saúde, especialmente em relação à importação de respiradores pelo governo do Pará.

Na decisão que autorizou a operação, o ministro Francisco Falcão chegou a determinar a indisponibilidade dos bens de Helder e de três secretários, no valor do prejuízo do contrato – R$ 25 milhões.

 

Leia mais: Quem são os diretores da agência que darão o veredicto sobre as vacinas a serem aplicadas nos brasileiros
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO