PF prende 29 por tráfico de madeira na Amazônia

A Polícia Federal, com o apoio do MPF, deflagrou hoje a Operação Arquimedes, para desarticular um esquema de corrupção responsável por extração ilegal de madeira na floresta amazônica.

A operação investiga a corrupção entre servidores de órgão ambiental estadual, engenheiros florestais, detentores de planos de manejo e proprietários de empresas madeireiras.

Foram expedidos 23 mandados de prisão preventiva, 6 de prisão temporária e 109 mandados de busca e apreensão cumpridos em 8 estados e no Distrito Federal.

Também foi autorizado o bloqueio de 50 milhões de reais de empresas investigadas.

Comentários

  • Carlos -

    PF, nessa instituição o cidadão de bem confia.

  • Fabricio -

    Gostaria de ver quem indicou esses dirigentes. Tenho uma leve suspeita que foram indicados nos governos petistas.

  • Titius -

    Esse pessoal q defende Amazônia intocável, raposas políticas do Norte, algumas frágeis do ACRE, sumas autoridades do Ibama e do tal ICM- Bio, caciques indígenas, têm de ser estudados a fundo.

Ler 20 comentários