PF prende alvo da Operação Pão Nosso

A Polícia Federal prendeu neste sábado o assessor do ex-secretário estadual de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro, Marcos Vinícius Lips, após seu desembarque no Galeão de um avião que teria saído dos Estados Unidos.

Lips e o ex-secretário, coronel César Rubens Monteiro, estão entre os investigados da Operação Pão Nosso, desdobramento da Lava Jato que apura um esquema de lavagem de dinheiro envolvendo a Seap.

A movimentação de 44,7 milhões de reais, entre 2010 e 2015, feita inclusive por meio de bitcoin, teria ocorrido a partir de superfaturamento em contratos de fornecimento de lanches e cafés da manhã para presídios do estado.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Depois de rejeitar CORRETAMENTE a compra da Estacio pela Kroton (representaria 23% de market share), não é possível que o CADE aprovará a absurda concentração representada pela compra da Fibria pela Suzano (50% de market share).
    Até os países importadores estão se manifestando contrários a esta absurda concentração.

Ler mais 8 comentários
  1. Depois de rejeitar CORRETAMENTE a compra da Estacio pela Kroton (representaria 23% de market share), não é possível que o CADE aprovará a absurda concentração representada pela compra da Fibria pela Suzano (50% de market share).
    Até os países importadores estão se manifestando contrários a esta absurda concentração.