Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PF prende operador de propinas para juiz da Bahia

Segundo as investigações, homem teria cobrado R$ 2,2 milhões em nome de juiz acusado de vender sentenças para regularizar terras griladas
PF prende operador de propinas para juiz da Bahia
Divulgação/TJ-BA

A Polícia Federal prendeu hoje, em Barreiras (BA), um homem suspeito de intermediar o pagamento de propinas para o juiz Sérgio Humberto de Quadros Sampaio, que está preso desde o ano passado, acusado de vender sentenças para regularizar terras griladas no oeste do estado.

Segundo a Procuradoria-Geral da República, que pediu a prisão, o operador cobrou R$ 2,2 milhões em nome do juiz. A prisão temporária tem duração de 5 dias, mas poderá ser prorrogada.

Sérgio Humberto foi denunciado, no âmbito da Operação Faroeste, por vender decisões para Adailton Maturino, um falso cônsul da Guiné Bissau, numa disputa por mais de 300 mil hectares de terra na região de Formosa do Rio Preto (BA).

A PGR diz que o operador preso hoje negociava as decisões, participava da adulteração de documentos e fazia movimentações bancárias. Ele também sofreu busca e apreensão.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO