PF prende terrorista espanhol em SP

Lauro Jardim relata que, a mando da Interpol, agentes da PF prenderam ontem em São Paulo Carlos García Juliá, terrorista espanhol de extrema direita condenado a 193 anos pela Matança de Atocha, em 1977.

Naquele ano, uma facção da Aliança Apostólica Anticomunista invadiu um escritório e matou cinco pessoas, entre advogados e militantes de esquerda.

García Juliá estava foragido da Espanha desde 1994. Em 1996, chegou a ser detido pela Bolívia, acusado de tráfico de drogas.

O Antagonista espera que ele seja encaminhado às autoridades espanholas, ao contrário do que Lula fez com o terrorista de esquerda Cesare Battisti, condenado na Itália pelo assassinato de quatro pessoas.

Comentários

  • Almanakut -

    O Regime Militar, o brando, não mandou os do passado para o Inferno e o Brasil se tornou abrigo para PEÇONHENTOS gringos!

  • Gustavo -

    Vc não tem que querer nada, vc tem que seguir a Lei, esta descontende sai fora para o Pais de sua origem !

  • REVOLTADO -

    Bem que a Federal podia encaminhar os dois no mesmo vôo: Battisti e Juliá. Destino final Itália com parada na Espanha fica mais barato!

Ler 44 comentários