PF quer abrir sigilo de operações do BNDES para a Odebrecht

A Polícia Federal pediu ao juiz Sérgio Moro a quebra de sigilo bancário das operações de financiamento do BNDES a obras executadas pela Odebrecht no exterior. O pedido, segundo O Globo, se baseia na apreensão de diversos contratos da empreiteira em Angola, Cuba, Moçambique e Panamá.

Os investigadores querem verificar o desembolso das parcelas de financiamento, se houve inadimplência e saber quem assina os documentos. A papelada foi encontrada no escritório paulista da Odebrecht Latin Finance, cuja sede é em Luxemburgo.

A Odebrecht foi beneficiada com 70% de todo o crédito destinado pelo BNDES à exportação de serviços de engenharia, entre 2007 e 2015.

Faça o primeiro comentário