PF INVESTIGA REFORMA NO APARTAMENTO DE LULINHA

A Polícia Federal encurralou Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha. O delegado Márcio Anselmo solicitou exames “econômico-financeiros” na documentação bancária e fiscal do filho mais velho de Lula.

Além de verificar se há compatibilidade na movimentação financeira de Lulinha com seus rendimentos declarados à Receita, a PF vai avaliar a evolução patrimonial do primogênito.

O mais importante, porém, é o pedido de Anselmo para verificar se “há registros de pagamentos pelas reformas do imóvel matrícula 206.784 apontadas no laudo pericial no. 2272/2016”.

O citado imóvel é o apartamento de R$ 7 milhões em Moema, registrado em nome de Jonas Suassuna, o benfeitor. O Antagonista revelou meses atrás detalhes da matrícula do apartamento e da reforma milionária coordenada por Renata, a mulher de Lulinha.

Nas buscas realizadas em março, a PF apreendeu diversas notas fiscais de materiais de construção usados na obra. Agora, a Lava Jato quer saber quem pagou e a origem do dinheiro.

Faça o primeiro comentário