PF recebeu telefonema com dica do ‘bunker da propina’ de Geddel

No despacho que autorizou a Operação Tesouro Perdido, o juiz Vallisney de Oliveira diz que a PF recebeu um telefonema com a dica de que Geddel Vieira Lima estava usando um imóvel, em Salvador, para “guardar caixas com documentos”.

Mas o que a PF encontrou no local foram malas e caixas abarrotadas com maços de 100 e 50 reais.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler 14 comentários
  1. CONVERSA MOLE!
    Se a operação visava apenas recuperar documentos, como alega Vallisney, por que, então, foi batizada de “TESOURO PERDIDO”?

  2. Aqui o cálculo de quanto dinheiro tem nessa foto: https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1475793879155981&id=704227282979315

  3. Fico imaginando: quantas viagens não devem estar sendo feitas hoje, com carregamento de documentos e muito, muito dinheiro em espécie, por este rincão brasileiro afora, depois desse flagoroso em um dos componentes da quadrilha….

  4. Globo News repetindo desesperadamente que a revisão da delação NÃO invalida as ” provas” obtidas contra Temer! É de dar pena ver a cara de tacho dos jornalistas! As provas podem SIM serem anuladas SE ficar provado que os açougueiros foram orientados pelo próprio MPF para fazer a emboscada contra o Presidente da República! Prova ILEGAL é igual ANULAÇÃO !!!!

  5. O vassalo petista Janot está comemorando a descoberta deste bunker. Mas por um motivo diferente do motivo das pessoas honradas.

Os comentários para essa notícia foram encerrados.