PF tenta encerrar polêmica: ‘Todos os brasileiros’ que quiserem poderão ter armas

No memorando enviado a delegados da Polícia Federal, obtido por O Antagonista, a orientação é de que “todos os brasileiros que tiverem interesse em adquirir armas de fogo de uso permitido” poderão tê-las.

O documento, assinado por Éder Rosa de Magalhães, chefe da Divisão Nacional de Controle de Armas de Fogo da PF, tenta encerrar a polêmica sobre o alcance do decreto que entrou em vigor nesta semana.

Após a apresentação de um quadro com dados da taxa de homicídios nos estados (veja abaixo), o delegado da PF pontuou que “todos os estados brasileiros apresentaram índices anuais de mais de dez homicídios por cem mil habitantes”.

“Como se depreende da coluna referente ao ano de 2016, a qual deverá ser considerada para a caracterização das áreas urbanas com elevados índices de violência, no ano em questão todos os estados brasileiros apresentaram índices anuais de mais de dez homicídios por cem mil habitantes.”

Em seguida, a conclusão é de que “estará presente a efetiva necessidade [da posse de armas] quando o interessado residir em área rural ou em área urbana com elevados índices de violência”, portanto:

“Será presumida a efetiva necessidade para todos os brasileiros que tiverem interesse em adquirir armas de fogo de uso permitido, bastando a simples apresentação de comprovante de residência.”

 

 

 

 

 

 

 

Leia também:

PF não vai fiscalizar se cidadão tem ‘local seguro’ para guardar armas

QUAL É O PAPEL DOS MILITARES NO NOVO GOVERNO? VOCÊ PRECISA ESTAR POR DENTRO DO QUE ESTÁ ACONTECENDO NO PAÍS LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Marcos disse:

    Até o "namorado" da Fátima Bernardes se quiser ter uma pode comprar !

Ler comentários
  1. Renato disse:

    Gostaria de saber qual o tipo de estatística é utilizada. Deve-se respeitar quem é a favor da posse.

  2. Pedro disse:

    Deu no OP9: "Homem mata ex-esposa e se suicida dentro de academia". Necessidade presumida. Melhor Jair se acostumando.

    1. Foi em 2018, petista calhorda. Em 2018! O estatuto do desarmamento não salvou essa vida, né calhorda? Petistas mentirosos estão sendo desmascarados, calhorda.

    2. Só hoje mais de mil mortes por acidentes de trânsito vão ocorrer no Brasil. E automóvel não é arma de fogo.

  3. Renato disse:

    Poder defender a própria vida - já que existe o direito a legítima defesa - com o meio mais eficaz é motivo suficiente. Basta capacitação e não ser doente mental. Todo o resto é perfumaria.

  4. Carlos disse:

    Jumentinho se você quiser ter um carro vai ter que pagar por ele, quer viajar para Paris tem que pagar ou você é do tipo que rouba o que quer...

  5. Sensatez disse:

    A Polícia Federal tem que trabalhar! Botar a Delação do Antonio Palocci para gerar efeitos práticos. A Lava-Jato dá a sensação de que morreu. Nada mais acontece.

  6. Carlos disse:

    Eu nao sou contra. Tenho grana e vou comprar 4 armas de uma só vez.

  7. Rômulo disse:

    🇧🇷 O decreto das armas só mostrou a falta de palavra de bolsonaro, podia ter feito muito mais foi medroso falar é um fácil difícil é fazer. Se continuar nesse rumo vai perder apoio rápido.

    1. Primeiro tem que colocar só a cabecinha, senão ela corre.

  8. Pedro disse:

    Deu no G1: "Auxiliar administrativo furta arma de delegacia, invade loja e mata ex". Necessidade presumida. Melhor Jair se acostumando.

    1. Pedro se faz de idiota, não é possível, ninguém pode ser tão obtuso. Quer dizer que alguém furtar uma arma corrobora a proibição de armas? É de cair o c* da b*nda.

    2. O decreto de 2019 não tratou disso, petista. Confundir porte, posse, armas legais e ilegais são "argumentos" de bandidos, petistas ou autoritários.

    3. Vacilo dos policia que deixou alguém não habilitado pegar a arma.

    4. Você é idiota, quem quer matar não precisa de arma de fogo. E mais, hoje ninguém morre por arma de fogo no Brasil, né?

  9. Vinicius disse:

    Na dita-dura, tão criticada pelas esquerdas, comprava-se armas mediante a apresentação do RG e Comprovante de Endereço. As FFAA eram respeitadas e temidas, com índices de criminalidade baixíssim

  10. Pedro disse:

    Até alguém invadir um comício e matar uns 10 no palanque. Daí a necessidade presumida vai pro brejo.

  11. LUIZ disse:

    Desculpem meu desentendimento do que foi publicado sobre armas. Não ficou bem esclarecido o procedimento de QUEM JÁ POSSUI armas , como eu desde os anos 80

  12. Goretti disse:

    So tera arma de fogo quem quer,quem pode $ e quem é ficha limpa. Sem polemica... É isso aí.

  13. Rômulo disse:

    🇧🇷 Irmão que a arma que vc pretende comprar com três mil? Com impostos e taxas uma pistola não sai por menos de sete mil. Sem contar a burocracia que vai exigir oito meses para ter sua arma e

  14. Mrc disse:

    Então se mudar o indice de homicidio para 9,9 eu perco o direito, não importando os outros crimes que eu queira evitar como roubo ou estupro na minha residência.

    1. Acho que a posse seria definitiva. Se o índice diminuir, devem suspender novas autorizações.

    2. Negativo. Uma vez solicitado, você permanece com sua posse. Independente de índice.

  15. Carlos disse:

    Jumento tentando dizer algo... lula está preso, babaca.

  16. Luciano disse:

    Bastaria que o decreto cumprisse a lei, para a posse basta a declaração de "efetiva necessidade", o proprietário entende que quer/necessita das armas. A pf não teria que avaliar justificativa al

  17. Bira disse:

    Eu tenho a minha arma e é iraniana - arhmadimijah.

  18. Carlos disse:

    O bilhete do criminoso encarcerado para a bi.ba do c... solto é fake. Segue o verdadeiro: "Seu boio.la inútil não sabe que sou analfabeto de mãe se quer babar meu ovo mande uma 51."

  19. Pedro disse:

    Se Adelio tivesse uma pistola, esse debate não estaria ocorrendo.

    1. Alvo em movimento dificulta alvejar cabeça, e barriga poderia acertar quem o levava.

    2. Renato, o Cara foi mal municiado por seus mandantes . Graças a Deus.

    3. E o que impediu Adélio de ter uma pistola? A proibição?

  20. Renato disse:

    Como era antes da Esquerda assumir, um país muito mais seguro com regras muito mais sensatas.

  21. Ricardo disse:

    Eh teco na cara de bandido, PAH, PAH, PAH!!!

  22. Ayrton disse:

    Era assim há uns 30 anos. Comprei minhas armas na época, no shopping. Não havia problema algum e os níveis de homicídios eram baixos.

  23. Rafael disse:

    Tá bom mas o que eu quero saber é se eu revidar vou responder criminalmente por ter matado um bandido

  24. Jackson disse:

    Sistema capitalista, compra quem tem dinheiro. Pobre não compra iphone de 4 mil reais e carro popular de 45 mil?

  25. Carlos disse:

    Jumentinho sei que você não votou no criminoso encarcerado pois o TSE não liberou ainda o titulo para os equinos... não tem como identificar as ferraduras...

  26. marcio disse:

    Nao encerra nada, a polemica esta no que havia prometido a CACs e Vivilantes por exemplo, posse que queria ja tinha so era mais burocratico, sera que precisa desenhar!

  27. Bruno disse:

    ( ) Com o armamento mais pessoas poderão me matar (x) Com o armamento mais pessoas poderão me proteger dos mesmos de sempre que querem me matar.

  28. Bruno disse:

    Se discutir bem a regra, veremos que não faz muito sentido e pode até criar um ciclo de violência só para manter o armamento livre. Revogue esta regra, capitão.

  29. TrHuMp disse:

    Nesta merd@ de país, bandido que assassinar cidadão de bem terá proteção da Justiça e da esquerdalha. Cidadão de bem que matar bandido em legitima defesa se incomodará pelo resto da vida.

  30. Lewandonoroskówski disse:

    Sã0 Paulo em 2016 com índice 10,9, se em 2018 o índice for 9,9 não poderei mais adquirir uma arma em São Paulo ? , Regra mais estúpida.

    1. Claro que não! O decreto não fala em mudar a tabela após um determinado período de tempo. Foi fixado o mapa de violência de 2016 justamente para contornar a burocracia.

    2. Claro que não! O decreto não fala para em atualizar a tabela, após um determinado tempo, para a de 2018. Fixaram o mapa de violência de 2016 justamente para contornar a burocracia.

  31. Ricardo disse:

    Esses arrogantes delegados da PF, que ganhando 40 mil/mês dos pagadores de impostos, não vão continuar a arrumar pretextos calhordas para não permitir que um brasileiro inseguro possa se autodefen

  32. Denis disse:

    Essa tabela no fim do artigo é muito interessante. Apenas alguns poucos estados conseguiram efetivamente diminuir a taxa de mortalidade por armas de fogo e mesmo assim todos ainda são muito altos.

  33. Pedro disse:

    Ótimo! Tem um vizinho que solta seu pitbull pra passear na rua e às vezes ele entra no meu quintal. Necessidade real!

    1. Cuidado em não deixar veneno de rato no quintal e o animal comer inadvertidamente.

  34. Marcelo disse:

    Parabéns, Presidente Bolsonaro, por cumprir suas promessas! Devagar e sempre, para frente! Aos bebês chorões que querem tudo para ontem: vão chorar na cama!

  35. Nunes disse:

    acesse e participe do www.vidadestra.org e ajude a nossa magazine de direita

  36. Pedro disse:

    Seria risível alguém matar um corrupto e alegar necessidade presumida. O júri absolviria!

  37. TrHuMp disse:

    No bilhete do Lula em resposta ao vi@do Jean, observei que a letra e o estilo são completamente diferentes de outros bilhetes atribuídos ao presidiário. Pesquise no Google Images e comprove.

  38. Alex disse:

    ANTAGONISTA.......... deveríamos clicar na imagem e ela ampliar. Para ver essa, só de lupa, ou seja, perde a serventia. Informação estéril.

  39. Celso disse:

    Os índices mostram: 1. estamos em guerra; 2. a proibição da posse e do porte de armas não reduziu a violência. Aliás, a potencializou. Com o decreto, esperamos que os mortos sejam os bandidos

  40. Thiago disse:

    Em primeiro lugar, pq colocaram esse dispositivo de número mortes? Quer liberar mas restringe no papel e no carimbo da burocracia, governo de malucos... pelo amor de deus.