Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PF vai abrir inquérito sobre irregularidades na Receita, tese da defesa de Flávio

Paulo Maiurino, diretor-geral da corporação, solicitou relatório do TCU que apontou acessos indevidos a dados fiscais de 8 contribuintes, incluindo senador
PF vai abrir inquérito sobre irregularidades na Receita, tese da defesa de Flávio
Foto: Isac Nóbrega/PR

A Polícia Federal vai instaurar um inquérito para apurar supostos acessos irregulares a dados fiscais de autoridades por parte de auditores da Receita, informa a Folha.

O tema é central em uma das linhas de defesa de Flávio Bolsonaro para tentar anular a investigação do caso da rachadinha na Alerj.

A apuração vai ser aberta a partir de um relatório do Tribunal de Contas da União que apontou casos do tipo identificados pela própria Receita, um deles envolvendo o senador. Paulo Maiurino, diretor-geral da PF, solicitou cópia do relatório ao tribunal há duas semanas.

Segundo o TCU, a Receita identificou ao menos oito casos de acessos indevidos a dados fiscais de contribuintes entre 2018 e 2020, sendo seis deles pessoas politicamente expostas, incluindo o senador.

Embora a investigação seja de interesse do filho 01 de Jair Bolsonaro, a apuração sobre acessos indevidos também atende a desejo de ministros do STF e do TCU que entraram em rota de colisão com a Receita.

A investigação do TCU foi aberta após a divulgação de uma apuração da Receita sobre Gilmar Mendes e sua mulher, a advogada Guiomar Mendes. O caso provocou ataques do ministro do STF à força-tarefa da Lava Jato do Rio, a quem ele culpou pelo acesso a seus dados.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....