PF vai investigar ofensas a Gilmar Mendes em avião

A pedido do próprio Gilmar Mendes, a Polícia Federal abriu inquérito para apurar ofensas contra o ministro em um voo no fim do mês passado, informa o G1.

Relembre aqui:

Após ser hostilizado, Gilmar Mendes voa de FAB

Comentários

  • Walter -

    A PF abriu, ou vai abrir inquérito sobre ofensas sofridas pelo ministro Gilmar Mendes em vôo comercial. Agora a pergunta que não quer calar: Quem abrirá inquéritos contra o ofendido, por ele vir soltando bandidos a torto e a direito? Vou citar apenas dois casos, dentre muitos: Jacob Barata, parente do ministro por consideração, ladrão que operou durante anos a fio, obtendo aumentos descabidos no preço das passagens de ônibus no estado do Rio de Janeiro, tirando dos mais pobres, usuários do transporte coletivo. Sérgio Côrtes, médico que ajudou a desviar 300 milhões de reais da área da saúde do do Rio de Janeiro, comparsa do Sérgio Cabral que é um dos responsáveis pela falência desse estado. E o ministro ainda quer utilizar vôos comerciais sem ser alvo da indignação dos brasileiros??? I

  • Brasileiro -

    #FomosTodosNós Não temais ímpias falanges, que apresentem face hostil. O Povo é Soberano, o Povo Patriota é o Dono do Brasil. Não será um Apátrida que nos amedrontará. Não se intimidem, jamais, pois apoiamos, vocês que agem pelo bem do Brasil, somos 200 milhões de braços fortes. Nossos peitos, nossos braços, são muralhas do Brasil. Brava gente, Brasileira, longe vai, temor servil, ou ficar a Pátria Livre, ou Morrer Pelo Brasil !!! Mais este tirano cairá, e será rápido. Karma negativo atuará contra ti. Sempre Houve a Mão, mais poderosa, pela qual, zombou deles, seus Traidores, o Povo Patriota do Brasil. A história já diz, assim acabam todos os Traidores da Pátria, na prisão, fuzilados ou pendurados numa corda. Quer comprar ? Pois o Povo ainda se Rirá deles. E haverá Carnaval.

  • Luiza -

    Isso é querer usar a força do cargo contra a sociedade que paga o salário dele. Quer intimidar-nos. Gente, não cedam. Somos mais e mais fortes.

Ler 175 comentários