Pfizer ainda não confirma venda de vacinas ao Brasil

Pfizer ainda não confirma venda de vacinas ao Brasil
Foto: Carlos Magno/Governo do Estado do Rio de Janeiro

Embora Eduardo Pazuello tenha dito a prefeitos que vai comprar vacinas contra a Covid-19 da Pfizer — e o Ministério da Saúde tenha confirmado a informação há pouco –, a empresa ainda não foi informada oficialmente da decisão do governo brasileiro.

Representantes da Pfizer foram chamados para uma reunião com a equipe de Pazuello na tarde de hoje às pressas, as conversas avançaram, mas O Antagonista apurou que o acordo ainda não foi fechado.

Inicialmente, como registramos ontem, havia uma reunião entre a Pfizer e o Ministério da Saúde agendada para sexta-feira (5).

Como noticiamos na semana passada, depois de o governo Bolsonaro ter recusado uma proposta de 70 milhões de doses, a farmacêutica americana aumentou a oferta para 100 milhões, que seriam entregues até dezembro de 2021 — o primeiro lote, com 9 milhões de doses, chegaria ao Brasil somente em junho.

A vacina da Pfizer já obteve o registro de uso definitivo pela Anvisa, mas, em meio a tantos impasses, o país foi ficando para trás na fila de entrega de lotes.

Leia mais: A causa desse desgoverno é política, como mostra a Crusoé desta semana.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO